Teresa Guilherme atribui a culpa do “fracasso” do “Big Brother” a André Filipe?

Teresa Guilherme

O Big Brother – A Revolução, não está a ter o sucesso esperado, nem alcançado os valores de audiências tão desejados pela TVI.

Leia também:

Teresa Guilherme, deu recentemente uma entrevista à TV Guia, onde falou sobre esta edição do Big Brother.

A “Rainha dos Reality Shows” afirma que este tipo de formato é volátil e tudo pode mudar de uma semana para a outra.

Teresa Guilherme, tem uma teoria que poderá justificar o “fracasso” que está a ser esta edição do Big Brother.

A apresentadora refere que o facto de terem perdido 3 concorrentes nos primeiros 10 dias de programa, de forma inesperada e envolta em muita polémica, assim como, momentos muito fortes para quem estava dentro da casa, fez com que se unissem mais, “O programa entrou em falso, houve ali um turbilhão naquelas duas primeiras semanas. Tudo isso fez com que os concorrentes se unissem muito e os concorrentes muito unidos calam as suas verdades”.

Acho que é uma dificuldade que estamos a viver neste momento com este ‘BB’ e que é: eles estão estremecidos com as duas primeiras semanas, em que a atenção estava toda dirigida para uma pessoa e eles estavam num grupo à parte” rematou Teresa Guilherme.

Será que Teresa Guilherme culpa André Filipe pelo “fracasso” do programa?

Será que André Filipe mexeu assim tanto com a dinâmica do jogo, que acabou por tornar o jogo entediante? Sim, porque até os comentadores acham o leque de concorrentes “chatos”, “enfadonhos”.

Sobre o autor
Gestor de conteúdos de profissão, apaixonado pelo jornalismo e gosto de estar sempre inteirado sobre as cusquices dos famosos, seguidor atento do Big Brother desde a primeira edição. Partilho convosco diariamente noticias de famosos e do Big Brother.