Liliana ALmeida

Liliana Almeida marcada por um passado difícil: A morte da irmã, o cancro do pai...

21 Janeiro 2022
Deslize para ler mais
21 Janeiro 2022

Liliana Almeida desde que entrou na casa mais vigiada do país já revelou alguns pormenores do seu passado e da sua história de vida, como ter vivido numa ‘casa de refugiados’ e ter perdido uma irmã.

A mãe e o irmão da concorrente, Mila Pinto e Gerson Almeida, estiveram à conversa com a TV7Dias, e revelaram mais alguns pormenores da história de vida da cantora.

A mãe da concorrente falou da morte da filha mais velha, Inês, que faleceu à 10 anos, “Era uma menina muito doentinha e morreu com uma pneumonia“.

Inês faleceu aos 31 anos e Mila recordou “Já nasceu doente com problemas de brônquios e essas coisas todas. Ela precisava de muitos cuidados. (…) Ela tinha várias complicações, tinha bronquites… Foi muito mau para ela“.

O irmão de Liliana acrescentou mais alguns pormenores e contou que Inês era “deficiente motora, cega e tinha problemas na coluna“. Gerson revelou de seguida mais pormenores sobre a morte da irmã :”O que aconteceu é que os pulmões cresceram mais do que o tórax e ela começou a ter problemas em respirar. Como não tinha um corpo desenvolvido de adulto, os pulmões cresceram mais do que o tórax. Ela foi para o hospital, ainda aguentou três dias, mas já não dava“.

Segundo Mila Pinto, Liliana e a irmã eram muito próximas, tinham “uma relação muito boa” e a cantora sofreu com a morte de Inês.

Os pais de Liliana vieram refugiados de Angola e passaram por momentos de aperto “Viemos para Portugal por causa da guerra em Angola. Os portugueses não vieram todos para cá? Nós viemos também, fugimos de uma guerra, éramos refugiados. Na altura fomos acolhidos por uma instituição, que era o IARA (Instituto de Apoio de Refugiados de Angola). Eles é que pagavam os nossos hotéis e a nossa alimentação“.

Mila Pinto explicou de seguida que quando Liliana nasceu já tinham a vida mais estabilizada “Quando ela nasceu já tínhamos a nossa vida feita, já nos tínhamos desvinculado disso. Na altura, a Câmara arranjou-nos uma casa num bairro social e foi para aqui que viemos. Fizeram a proposta de compra, fomos pagando todos os meses, durante muitos anos, e já está paga

Artigo seguinte